“Raparigas que Inspiram”, Nacala

O projecto “Raparigas que Inspiram” procura acabar com o ciclo do Casamento Precoce e Forçado de Crianças e abordar as barreiras que impedem a participação económica de mulheres e meninas. Para tal, o projecto apoia a educação e desenvolvimento de competências nestas mulheres e raparigas mais vulneráveis e difíceis de alcançar através de um ensino aberto, com recurso a tecnologia, possibilitando assim a aprendizagem à distância. O projecto baseia-se na forte crença de que oferecer oportunidades de ensino a mulheres e meninas vulneráveis é um dos melhores investimentos para o desenvolvimento sustentável do país.

 

Nos dois anos em que esteve em operação (2016-2018), o projecto obteve ganhos significativos ao proporcionar às meninas e jovens mais vulneráveis a aprendizagem de habilidades para a vida, capacitação pessoal, participação social, liderança, alfabetização, capacidade de tomar decisões, levando assim ao seu empoderamento económico e acesso ao conhecimento e informação em saúde e direitos sexuais e reprodutivos, o que aumentou a auto-confiança das mulheres e meninas.

 

“Raparigas que Inspiram” conduziu cursos curtos de habilidades vocacionais que foram desenvolvidos em resposta à demanda do mercado de habilidades de Nacala. Assim, em 2018, 1,434 mulheres e meninas vulneráveis foram formadas em habilidades para empregabilidade e empreendedorismo o que as levou a diminuir a sua vulnerabilidade no ciclo do Casamento Precoce e Forçado de Crianças e garantir uma melhoria das condições económicas e de saúde destas raparigas, dos seus filhos e das raparigas na sua rede social.

Girl_inspire_1-01

1,434

Mulheres e meninas ganharam formação em habilidades profissionais

Girl_inspire_2-01

144

Meninas foram reintegradas na escola

Girl_inspire_3-01

46

Mulheres e meninas conseguiram emprego em diferentes áreas de suas vocações

Girl_inspire_4-01

350

Mulheres e meninas iniciariam uma actividade económica por conta própria

Case Story

Relacionados

Alimentação escolar dá vida a comunidade “Filipe Samuel Magaia”

Alimentação escolar dá vida a comunidade “Filipe Samuel Magaia” Filipe Samuel Magaia é uma pequena povoação no interior do distrito da Manhiça, a 120 km da cidade de Maputo.   Desde 2012, é beneficiária do projecto de Alimentação Escolar “Comida para o saber” implementada pela ADPP Moçambique e Planet Aid em parceria com o Ministério [...]

Projecto da ADPP distribui mais de 75 milhões de refeições escolares

A melhoria dos resultados da aprendizagem escolar é o objectivo central deste projecto, denominado “Comida para o Saber” e que fornece uma refeição escolar diária a estas crianças, além de benefícios educacionais.   Dados do projecto, apontam que deste o seu início houve um aumento significativo dos ingressos nas escolas, e finalização do ensino primário. […]

ADPP apoia vítimas das cheias em Sofala

A ADPP em parceria com a World Jewish Relief e a Action Aid com o apoio financeiro do “Start Fund”, está a implementar um projecto denominado “Resposta de Emergência às cheias em Sofala 2020” que visa apoiar as comunidades afectadas pelas fortes chuvas que têm fustigado as regiões de Nhamatanda, Maríngue, Gorongosa, Búzi, Caia e […]